Organize seu guarda-roupa

Com a rotina corrida que as pessoas têm hoje em dia, é difícil manter a organização do guarda-roupa. Vivemos num tempo sem tempo. É tudo pra ontem, e mesmo pra nós mulheres que temos a capacidade de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, é necessário se organizar.

Ter um guarda-roupa organizado vai poupar seu tempo, vai te ajudar a se vestir de um jeito bacana, sem demorar na frente do espelho. Quando está tudo arrumado e separado fica mais fácil encontrar combinações por cor, por uso e por tipo. Então mãos à obra!

Tem muita gente que se apega, tem um armário entulhado, cheio de roupas que não servem mais, de peças que não a representam mais, ou que ainda estão com etiqueta, meses depois de compradas. Isso demonstra uma vida desorganizada, inclusive financeiramente.

Se você encontrou algo que não usa mais, dê ao objeto um fim digno. Você pode doar. E se por acaso ainda servir, você pode também customizar a peça. Mas só faça isso se tem uma costureira ou se você mesma fará a mudança, e definitivamente não guarde o que não vai usar.

Essa organização ajuda a ganhar tempo na hora de se vestir de manhã e trazer mais segurança.

Essa falta de tempo e necessidade de organização virou profissão. Tem muita gente por aí que vive de arrumar armários. Sem contar que hoje com tanta informação você também pode ver na TV programas que vão te ajudar e te dar ótimas dicas. Tem até livro sobre o assunto. “A Mágica da Arrumação”, de Marie Kondo, virou um best seller imediato nos Estados Unidos repetiu o sucesso aqui no Brasil.
Veja abaixo algumas dicas da Marie:

1. Escolha um dia em que vai estar sozinha (o) e que vai poder se dedicar de corpo e alma. A ideia é terminar tudo no mesmo dia, portanto tem que acordar cedo.

2. Não deixe ninguém ver pois vão começar a questionar sua arrumação e, possivelmente, querer ficar com peças que você está descartando. E a ideia é diminuir a bagunça, não mudá-la de lugar.

3. A ordem de avaliação é essa: blusas (partes de cima em geral), partes de baixo, roupas de pendurar (casacos, blazers, ternos), meias, roupa íntima, bolsas, acessórios, roupas para ocasiões especiais (uniformes, roupa de praia), sapatos. Coloque absolutamente tudo no chão, separado dessa maneira, em pilhas.

4. Pegue peça por peça na mão, segure com atenção e se pergunte se aquilo traz alegria para sua vida. Se não, expresse sua gratidão por ela e desapegue. Só pare quando pegar nas mãos o último par de sapatos. O método KonMari não foi feito para ser aplicado em etapas.

ilustra moda