Tudo se fez novo

Meu nome é Vanessa Burgo e eu faço parte da Comunidade da Graça em Suzano. Quero contar um pouco sobre a história da minha vida e sobre a grande transformação que o Senhor operou nela.

Eu sempre tive um espírito de rejeição muito forte, desde pequena. Quando estava grávida de mim, meus pais esperavam que eu fosse um menino. Foi uma surpresa quando eu nasci. Fui um bebê muito difícil, chorava muito e não deixava a minha mãe descansar. Por isso, ela me levava em uma benzedeira para tentar resolver o problema.

Na infância, as coisas não melhoraram muito. Sempre fui uma criança muito nervosa e fazia maldades com as pessoas. Nada disso era normal, mas a minha família não percebia. Quando me tornei uma adolescente, toda aquela perturbação se transformou em melancolia. Eu ouvia músicas tristes e estava sempre mal, pesada. Me sentia realmente muito rejeitada.

Conforme o tempo foi passando, essas características iam se tornando parte da minha personalidade. O nervosismo, a tristeza. E esses sentimentos só aumentavam, porque eu tinha a sensação de que nada dava certo na minha vida. Me casei duas vezes e acabei me separando. Parecia que nada ia para frente.

Foi então que engravidei, mesmo não estando casada, por causa do meu filho, decidi procurar um trabalho e foi ali que conheci uma pessoa, que me apresentou à Palavra de Deus e começou a ministrá-la ao meu coração. Nós costumávamos orar nos horários de almoço e ela sempre me encorajava.

Nessa época, eu estava muito acima do meu peso e isso prejudicava muito as minhas emoções, minha vida pessoal e até o meu trabalho. Fui submetida a uma cirurgia e pude ver o cuidado de Deus para comigo. Passei um mês sem comer nada e vivi um período muito difícil, mas o Senhor me levantou. Tudo o que eu ouvia falar sobre Ele, pude ver acontecendo na minha vida.

Conhecendo esse Deus que me ama e que deu a Sua vida por mim, decidi me entregar completamente a Ele e renascer para uma nova vida. Todas as coisas velhas ficaram para trás: os vícios, a tristeza, a depressão, as mágoas, o rancor e todos aqueles sentimentos que me impediam de prosseguir.

Hoje eu consigo me relacionar com as pessoas. Tenho amigos e convivo muito bem com a minha família. Muitos me perguntam se eu sou a mesma pessoa de antes, dizem que eu fui completamente transformada. Glória a Deus por isso! Eu sou muito grata a Deus.